Category

Organização

Category

Uma casa tem milhares de detalhes. É, milhares pode ser exagero nosso, mas que tem muitos, e muitos, e muitos detalhes na hora de pensar na organização da casa, isso tem. São tantos objetos que podemos usar para organizar a casa que não sabemos direito nem por onde começar. Que dizer, é claro que sabemos: pelos potinhos de organização, nossos queridinhos quando o assunto é colocar tudo em seu devido lugar.

Aí você pensa: “como eu posso usar os potinhos para organizar melhor a casa, então?” Bom, vamos começar pelo espaço onde eles são uma verdadeira mão na roda: a cozinha.

Como usar potinhos de organização na cozinha

A cozinha é o lugar da casa onde os potinhos são mais úteis, seja para guardar grãos maiores, como arroz e feijão, ou grãos bem pequenininhos, como açúcar, sal, pimenta. Falando em pimenta, potinhos são ótimos para temperos! E aí a lista é enorme, não é?! Tem um potinho que dá pra reaproveitar, que a gente adora: os potes de vidro de geleia da marca Queenberry. Alguns potinhos são bem estilosos, inclusive, e você nem precisa gastar dinheiro extra com isso.

Você também pode (e deve) usar os potinhos para guardar alimentos, tanto os que você quer congelar, porque sobraram de uma refeição, quanto os que vão na geladeira. Legumes, sopas, carnes, e até frutas podem ser congelados em potinhos para facilitar seu dia a dia. E falando em potinhos congelados, os de sorvete são excelentes para esse tipo de coisa, porque foram feitos justamente para ir ao freezer. Essas são algumas maneiras de economizar com potinhos. Pense nisso 😉 

Uma dica de como usar potinhos na cozinha: prefira aqueles com tampas. Eles vão ser muito mais úteis e práticos na hora de guardar suas comidinhas.

Como usar potinhos na organização do banheiro

No banheiro, os potinhos também são de grande ajuda. Você pode usá-los para guardar vááários itens, desde pequenos objetos, como cotonetes, lixas e cortadores de unha, maquiagens, algodão, como também para guardar coisas maiores, como desodorantes, perfumes, demaquilante, pasta de dente, fio dental e tantas outras coisas. Uma dica de como usar potinhos no banheiro é separar os objetos: cada coisa com cada coisa. Ou seja: coloque no mesmo potinho os produtos e objetos que você usa junto, como pasta de dente, escova e fio dental, por exemplo; em outro, os produtos de maquiagem; num outro maior, os materiais de manicure que tiver e assim por diante. Você vai ver que organizar o banheiro usando potinhos é muito mais prático na hora de usar tudo isso.

Como usar potinhos no jardim ou na sacada

Os potinhos são queridinhos de quem ama as plantas – como a gente <3 Eles servem como vasos – e como existem tamanhos variados de potes, todos eles são bem úteis para abrigar diferentes tamanhos de plantas. Dá até pra criar uma coleção bem legal com potinhos coloridinhos. É só deixar a criatividade fluir! Agora, se preferir, você pode usar seus potinhos de vidro como porta-velas também. É muito legal, charmoso e romântico uma varanda ou quintal cheinhos de pequenas velas espalhadas pelo ambiente. Se quiser economizar e, ainda assim, caprichar na recepção, potinhos de vidro são ótimos aliados para isso.

Dá pra usar na área de serviço também!

Acredite: eles são mais versáteis do que a gente imagina! Os potinhos de vidro, de plástico ou até de madeira podem ser pra lá de úteis na área de serviço e na lavanderia. Eles servem pra gente guardar prendedores e outros objetos que você usa para lavar, limpar e passar.

Você também pode guardar nos seus potes alguns produtos de limpeza, como sabão em pó, se preferir tirar da caixa ou do saquinho original. Sabão em barra, escovinhas para esfregar roupas e calçados ou outros produtos não-líquidos também vão bem lá. Dependendo do estilo dos potinhos, é legal até mesmo deixá-los à mostra, para compor a decoração da lavanderia. É um espaço que nenhum convidado seu vai visitar, mas é importante você cuidar dele pra vocês mesmos: os moradores da casa 😉

A gente já encontrou potinhos sendo usados para guardar materiais de construção em várias casas e apartamentos. Pregos, parafusos, buchas e tantos outros materiais que podem ocupar esses espaços de forma bem ordenada, facilitando a busca na hora que você precisar pregar um quadro novo em sua casa.

Como usar potinhos para organizar o quarto?

Os potinhos no quarto servem para quebrar um galho com os objetos que geralmente deixamos espalhados: fones de ouvido, moedas, chaves da casa, chave do carro, chave de tudo! Dá pra usar os potes a nosso favor para guardar alguns acessórios também, como colares, anéis e brincos – mas, nesse caso, é melhor separar tudo antes de misturar tudo, porque depois vai dar um trabalhão para organizar.

Usando potinhos na sala:

Na sala, os potinhos podem ser usados para compor sua decoração. Arrisque na criatividade e trabalhe na reciclagem dos materiais, utilizando os de vidro como candelabros, como vasos para plantinhas – como suculentas e minicactos – ou mesmo para guardar seus objetos. 

Se você gostou das dicas, mas está sem paciência para a organização, pede um help! A gente adora ir até você pra te ajudar – e gostamos de trazer dicas de organização aqui em nosso blog também. Se tiver com dúvida sobre como organizar a casa, manda pra gente sua sugestão que vamos correndo pesquisar para trazer mais informações até você.

Que delícia ver uma geladeira bem organizada, não é mesmo? Encontrar fácil o que você precisa, em vez de perder tempo pensando com a porta da geladeira aberta (quem nunca?) otimiza seu tempo e acelera seu lanchinho 🙂

Mas a gente sabe, também, que depois das compras dá aquela preguicinha de separar os produtos, organizar as frutas, dividir congelados e não congelados, guardar potes, saquinhos, caixinhas de alimentos.

Por isso, reunimos aqui algumas dicas de como guardar a compra na geladeira de um jeito prático e inteligente. São medidas que te ajudam não só a aprender como organizar o refrigerador, mas, também, como preservar os alimentos por mais tempo.

Entenda como funcionam as geladeiras:

Você já percebeu que, normalmente, os refrigeradores possuem o congelador na parte de cima? Isso tem um motivo: o ar frio é mais denso e tende a descer. Já o ar quente é mais leve e tende a subir. Esse processo se chama corrente de convecção.

Em uma geladeira, o ar frio é produzido mais intensamente no congelador. E, por causa da corrente de convecção, esse ar frio desce e ajuda a resfriar toda a geladeira mais rápido.

“Mas por que eu preciso saber disso, hein? É para organizar a geladeira ou passar no vestibular?”. Olha, pode até ser que isso caia no vestibular, mas nossas intenções aqui são outras: deixar a geladeira organizada e preservar os alimentos por mais tempo. Sabendo disso, você consegue priorizar os alimentos que precisam de mais refrigeração para a parte de cima da geladeira – é claro, se seu refrigerador não for do modelo invertido, aquele com freezer na parte de baixo, que é bem bonito também 🙂

Então, vamos pensar na organização da geladeira a partir dessa informação?

  • Peças de carne, pescados e produtos que precisam estar congelados não têm mistério de onde guardar: sempre no congelador – a não ser que você vá usá-los logo depois de comprar. Dica: nunca lave a carne antes de guardar. Isso pode tirar o sabor, alterar a textura e não ajuda muito na higienização, já que ela vai ser resfriada e, depois, cozida ou refogada em altas temperaturas.
  • Sabe aquelas gavetas superiores, que ficam logo embaixo do congelador das geladeiras tradicionais? Então, ali é um ótimo local para colocar frios, embutidos e laticínios. Nesse espaço, você mantém o alimento bem gelado sem necessariamente congelar. Você também pode colocar bebidas quando quiser mantê-las mais geladinhas.
  • Reserve a primeira prateleira para colocar ovos, alguns laticínios menos sensíveis – como manteiga e iogurte – e sobras de comida. Note que os ovos devem ficar nas prateleiras e nunca na porta. “Por que as geladeiras trazem bandejas para ovos nas portas, então?”. A gente também não sabe 🙂 Mas manter os ovos nas prateleiras de dentro é melhor para evitar a variação térmica e a perda de um ovo ou outro. Ah, e não guarde as sobras de comida dentro de panelas (é uma tentação, a gente sabe). Os potinhos de vidro ou de plástico são muito mais práticos e ocupam bem menos espaço. Invista neles!
  • Nas duas prateleiras de baixo, você distribui os doces, enlatados, caixas de leite, vinhos e sucos. Você também pode colocar as frutas que está consumindo. Por exemplo: higienizou as maçãs e vai comer com frequência durante a semana? Coloque na segunda prateleira, dentro de algum recipiente que for prático pra você.
  • A gaveta da geladeira é o espaço ideal pros dias de feira! Ali, você coloca as verduras, os legumes, as frutas e os temperos. Antes de guardar as verduras, é bom verificar se, entre as folhas, têm algumas já estragando. Se encontrar, descarte só essa parte e guarde o restante. Em pouco tempo, os temperos costumam escurecer na geladeira. Para desacelerar esse processo, armazene-os em sacos de papel ou potes forrados com papel-toalha.·  A porta da geladeira é a parte que mais sofre variação de calor. Por isso, o certo é colocar nela os alimentos que duram mais. A garrafa de água, por exemplo, pode ficar na porta. É um bom lugar, também, para o vinagre, o fermento em pó e os molhos – como o ketchup, a mostarda e o molho inglês. Tudo devidamente fechado, viu?

Outras dicas importantes de como cuidar da geladeira

Quando for organizar a geladeira, o ideal é não deixar muito coisa acumulada na primeira prateleira. O ar frio, que vem de cima (geralmente), tem que correr por todo o refrigerador. Por isso, nada de colocar panelas com comida lá dentro, como já dissemos. Lembre-se dos potinhos 😉

Sabe as frutas que você usa só quando faz sucos? Segue uma ideia bem prática: descasque e pique essas frutas, separe em potinhos fechados e coloque tudo no congelador. Assim, elas duram muito mais tempo, facilitam o preparo quando a sede bater e já deixam o suco bem geladinho quando você for preparar.

É sempre bom garantir a limpeza da geladeira, tá? Veja a validade dos produtos e tire de lá tudo que já passou do tempo. A gente te ajuda nessa,, se quiser, você sabe… Mas você pode fazer isso toda semana por conta também. É ótimo pra você saber exatamente o que tem em casa e o que realmente precisa comprar, pra não gastar com produtos repetidos, nem exagerar.

Desperdiçar comida não é legal… Quando você comprar novos alimentos, põe na frente os que já estão em uso e os que já estão para estragar. Com essa dica de como cuidar dos alimentos, você economiza no mercado e aproveita melhor suas compras, sem jogar nada fora.

Seguindo esses passos, você consegue ter uma geladeira organizada e bastante funcional. Além, é claro, de preservar bem os alimentos e evitar desperdícios. Agora, bateu aquela necessidade de última hora de limpar a geladeira, mas faltou tempo? É só pedir um help que a gente adora organizar, limpar, lavar – e nem precisa comprar os produtos para isso. A gente leva tudo pra você, tá?!

Aproveite também pra aprender a organizar a sua cozinha:

Quem tem criança em casa sabe o trabalho que dá quando os pequenos resolvem brincar, não é mesmo? É brinquedo espalhado por toda a casa, é a peça do jogo que está faltando, é a boneca preferida que sumiu. E é nessas horas que você se pergunta: “é possível deixar minha casa organizada com essa turma?” “Como organizar a bagunça das crianças?”

A gente reuniu aqui algumas dicas de como deixar a casa mais organizada, para tornar a diversão da criançada ainda melhor (pra elas e pra você, é claro!). Vamos nessa?

Um lugarzinho especial!

Para começar a organização da casa,que tal escolher um espaço onde a criançada vai brincar à vontade? Crianças gostam de explorar a casa e de estar em todos os lugares. Não precisa proibi-las de fazer isso! Mas você pode limitar um local ou um cômodo da casa para elas espalharem os brinquedos sem te incomodar. Isso ajuda muito a colocar tudo em ordem no final da brincadeira. E também ajuda a evitar o sumiço dos brinquedos, especialmente os menorzinhos, como peças de Lego®, miniaturas e peças de jogos.

Se sua casa é grande e espaçosa, separe um cômodo só pra criançada se divertir. Se seu lar é pequenininho, escolha o local menos usado pelos adultos. E não se esqueça de cuidar da segurança das crianças, hein? É bom que o lugar não tenha nenhum objeto que ofereça perigo, como tapetes (que escorregam), escadas (que podem ser traiçoeiras), janelas baixas (que são perigosíssimas) ou quinas de móveis (que podem causar vários machucados), dentre outras coisas. Seu bom senso de mamãe e papai vai dizer 😉

Manhê, paiê, cadê meu brinquedo?

Facilitar o acesso aos brinquedos é outra dica que pode te dar um help no cuidado das crianças. Tente deixar os brinquedos numa altura boa pros pequenos conseguirem encontrar e pegar eles mesmos o que querem e quando quiserem. Principalmente os que eles mais usam! Isso é bom para exercitar a autonomia nas crianças e, também, para evitar acidentes. Não queremos ninguém se pendurando pela casa, né? 🙂

Uma dica de como facilitar o acesso aos brinquedos é pensar no lugar onde eles ficam guardados. Nas lojas de utilidades têm muitas opções: caixas organizadoras, cestos, baús, estantes, prateleiras. É só você escolher qual cabe melhor na sua casa – e no seu bolso, é claro. Uma ideia super legal sobre como organizar os brinquedos é separá-los por categorias – bonecos, carrinhos, jogos – ou por criança, se você tem mais de uma em casa. As caixas organizadoras e os baús, por exemplo, você pode etiquetar. Assim, a criança vai saber exatamente onde colocar de volta. Códigos de cores também ajudam bastante! É uma boa, inclusive, para educá-las desde cedo a regra básica: “tirou do lugar, tem que voltar”. Vamos falar disso um pouquinho?

Tá na hora de arrumar a bagunça!

A hora de colocar os brinquedos no lugar é sempre uma dor de cabeça. Mas é, também, uma ótima oportunidade para ensinar os pequenos a arte de se organizar. É bom as crianças entenderem que guardar os brinquedos também faz parte da brincadeira.

O jeito é orientar como deve ser feito. Aos poucos, observe se a criança está fazendo tudo certinho. Não deixe de cobrar sempre quando for preciso, tá? Em pouco tempo, você vai perceber que essa atividade virou rotina – e isso é muito legal 😀

Quando o brinquedo sumir, que tal dividir a responsabilidade com ela? “Foi você quem guardou, então você pode encontrar” – e faça disso outra brincadeira!

Com essas atitudes simples, a criança aprende a se organizar, a cuidar de suas coisas e, de quebra, você ainda estimula a memória dela. Um combo de aprendizado… Toca aí! 😀

Enjoou do brinquedo? Passe pra frente!

Qual adulto não fica feliz em reencontrar um brinquedo da infância guardado pelos pais? Preservar a memória da infância com um brinquedo é muito legal! Mas acumular um monte deles não dá – ainda mais se puder fazer o bem para outra pessoa.

Seu filho ou filha já não brinca mais com as bonecas ou os carrinhos? Aquele jogo de tabuleiro está só juntando poeira? Avalie qual brinquedo merece ser guardado com carinho e doe os outras para alguém. Isso vai ajudar (e muito!) a manter a casa organizada. E é uma grande oportunidade de ensinar a criançada o desapego de bens materiais e a importância de ser solidário <3

Com esses passos simples, a diversão da criançada fica garantida e o cuidado com a casa também. A gente gosta de diversão também, então naqueles dias em que a bagunça apertar, é só pedir um help que a gente vai correndo te ajudar!

A cozinha é o ambiente da nossa casa que acumulamos mais coisas, não é mesmo? Utensílios, panelas, copos, potes, talheres e por aí vai. Sem contar nos alimentos, que não são poucos. A lista de coisas que precisamos organizar em uma cozinha é gigante. Imagine, então, fazer essa mágica em uma cozinha pequena… Tarefa complicada, mas não pra gente! Se quiser uma mãozinha na organização da casa, é só pedir nossa ajuda que vamos correndo descobrir como organizar a cozinha pra você.

Mas até lá, resolvemos trazer algumas boas práticas e ideias aqui pra você se virar por conta própria. Vamos lá?

Dica #1 – organizar é diferente de arrumar

Se você tem pouco tempo e quer só dar uma aparência melhor para sua cozinha, você precisa arrumar. Arrumar significa tirar dali e colocar lá; lavar a louça e guardar onde você geralmente a coloca; deixar de fácil acesso aquilo que você mais usa. Isso é arrumar. Organizar tem outro papel: é um trabalho estratégico; é tirar tudo do lugar e rearranjar a ponto de fazer tudo ficar mais prático e funcional e esteticamente mais agradável.

Dica #2 – como organizar os itens da minha cozinha

Entendida as diferenças entre uma coisa e outra, é hora, então, de entender como podemos otimizar o espaço em uma cozinha pequena, seja num apartamento de 1 quarto ou num studio, que tá na moda e a gente adora! Gostamos muito de um passo a passo também. Vamos ver o que criamos pra você?

Passo #1 – praticando o desapego

Jogue fora sem dó. Se não usa, não tem porque guardar 😉 Numa cozinha pequena, o desapego é amigo do bem-estar. Por isso, a primeira tarefa que você tem a fazer é olhar para cada objeto, para cada utensílio, e pensar: “com que frequência eu uso esse negócio?”. Se sua resposta for “quase nunca”, desapegue, doe, venda. Faça o que achar melhor, menos guardar de volta em seus armários, tá? 🙂

Passo #2 – investindo na organização

Para deixar a casa do jeito que merecemos, precisamos investir um pouquinho. Mas é só um pouquinho mesmo, sério! Seus armários tem mais espaço do que você imagina. E saber otimizá-los é fundamental para descobrir como manter uma cozinha pequena organizada. Você conhece prateleiras internas? A Aramado tem várias delas super lindinhas e práticas, que você pode usar na parte de dentro para otimizar a organização dos armários. Mas se quiser prateleiras ainda mais econômicas, você encontra facinho dando um Google em “prateleiras para organização”. Anota essa dica aí!

Passo #3 – os opostos não se atraem

Coisa parecida com coisa parecida, tá? O que queremos dizer? Que prato vai com prato. Copo com copo. Comidinhas com comidinhas. Se você organizar seus utensílios de cozinha por afinidade, vai logo ver que fica muito mais prático encontrar o que você precisa, sem ter que tirar tudo do lugar para achar aquele abridor de lata ou aquela taça pra noite de vinho com os amigos.

Dica #3 – eletros estrategicamente localizados

Se você usa a cafeteira todos os dias, vale deixá-la sobre o balcão da pia ou em alguma prateleira aberta; se você usa a sanduicheira em todo café da manhã, quem sabe não é melhor deixá-la em um lugar fácil de pegar e guardar? Nossa dica aqui já tá clara: posicione seus eletrodomésticos de acordo com o uso. Se você tem costume de usar o liquidificador, por exemplo, talvez ele possa ficar dentro do armário, num cantinho escondidinho. Agora, se você é do crossfit, já sabe que vai precisar bastante dele ou do mixer, então é melhor encontrar um lugar mais prático para eles.

Cada pessoa é de um jeito e cada casa também vai ser.

Só depende de você quebrar um pouquinho a cabeça para encontrar o melhor lugar para posicionar seus bens 🙂

Dica #4 – a geladeira é um ótimo armário

Uma saída bem útil para cozinhas pequenas é duplicar a função da geladeira. Potinhos, louças e até alimentos que não precisam ficar na geladeira podem encontrar uma boa morada nela, assim você consegue otimizar os espaços dos armários para o que for maior. A dica de ouro aqui é adotar uma prateleira como armário e, as outras, para cumprir a função para a qual foram criadas: resfriar seus alimentos \0/

Se depois de todas essas dicas você ainda olhar pra sua cozinha e se sentir perdido ou perdida, sem saber direito onde guardar isso, onde pôr aquilo, pede um help! A gente adora organizar as coisas na casa das pessoas e ver um sorriso ao perceber que sua cozinha pequena tem solução. É só saber encontrá-la.

A gente sabe que a maior dificuldade do jovem moderno é organizar a sua casa. Por isso, além de te dar as melhores dicas, a 1HELP é uma plataforma onde você pode pedir uma limpeza na sua casa em menos de 15 segundos, e alocaremos uma diarista altamente qualificada pra você, com o melhor preço do mercado 🙂 Antes de pensar em organizar o seu armário, vamos pensar no que tem lá dentro? Você realmente usa tudo que você tem guardado? Então vamos lá…

Passo #1: Aquele limpa!

A cada seis meses, reserve um tempinho pra revisar todas as suas peças. Neste dia, tire tudo do guarda-roupa e separe em três pilhas, uma delas com peças que você usou pelo menos uma vez nos últimos seis meses, a outra que você usou mais de uma vez, e a outra que você não se lembra de ter usado no último semestre. Depois disso, faça o seguinte: As peças que você não usou, descarte as que estão em estado ruim, e doe para alguém as que estão em bom estado (é ajudando que vamos pra frente!). As peças que você usou pelo menos uma vez, guarde em um espaço pequeno, que não faça volume ou te atrapalhe no dia a dia. As peças que você usou mais de uma vez, reserve-as. Agora vamos organizá-las.

Passo #2: E pra onde vão as coisas?

Para saber onde vai o quê, é fácil: o ideal é que vestidos, paletós, camisas, e peças de tecidos que amassam facilmente estejam em cabides. Se eles estiverem nas gavetas vão amassar e ocupar muito espaço. As malhas, tricôs, calças jeans e peças menores podem ir nas gavetas, sempre pensando que devem estar dobradas e organizadas, otimizando o espaço do seu guarda-roupa.

Passo #3: Como não se perder na bagunça?

Coloque etiquetas de identificação. Pra lembrar o que vai em cada gaveta ou prateleira do seu guarda-roupa, pense em colocar etiquetas ou tags que te ajudem a organizar. No dia de lavar a roupa, vai ser fácil e rápido de colocar cada coisa em seu lugar.

Passo #4: Mas e aquela roupinha que uso sempre?

Deixe o que você mais usa, mais perto. Organize suas gavetas e prateleiras de maneira que, na altura dos olhos, fiquem as peças que você mais usa. Assim, você vai demorar menos na hora de escolher suas roupas.

Passo #5: Acho que vou me perder…

É só obedecer todos os critérios! Sempre siga à risca todas as regras que você criou. Este processo só te ajuda se você se ajudar! Tente fazer a manutenção do seu guarda-roupa frequentemente, e é claro: tirou, guardou. No começo pode ser difícil se acomodar com a nova ordem, mas é importante tentar manter o ritmo, em breve você se acostuma 🙂

Prontinho! Com estes 5 passos, agora o seu armário deve estar organizado e isso vai te ajudar a otimizar tempo e deixar a sua vida mais harmônica.

Morar sozinho tem muitas vantagens: todo o espaço só pra você, chegar e sair a hora que bem entender, organizar a casa do seu jeito, comprar móveis e decorações que combinam 100% com você, receber amigos e crushes quando quiser. Mas a cilada é que morar sozinho também significa folgar um pouquinho no cuidado com a bagunça do dia a dia. E ela vai acumulando, e acumulando, e acumulando… Além disso, não tem com quem dividir as tarefas e acaba sobrando tudo pra você. Agora, se esse é seu caso, você pode contar um help dos aplicativos de limpeza e terceirizar a limpeza da casa. Que tal? 🙂

Mas vamos ao assunto deste post: “como eu organizo já que moro sozinho?”. Descubra aqui 5 cuidados simples para manter a organização sempre em dia.

Cuidado #1: arrume a cama todo dia

Parece complicado, mas não é. Se você criar o hábito de estender a cama todo dia, você vai logo perceber como isso dá outra cara para o seu quarto. A gente já trouxe esse assunto pra você no artigo “como arrumar a cama igual a de hotel”. Vale a leitura! Se você vive em um studio, essa dica é mais importante ainda! Arrumar a cama é o 1º passo para começar o dia com o pé direito e com tudo no lugar.

Cuidado #2: guarde as compras assim que chegar em casa

Uma ideia de como deixar o apê organizado – ou a casa, se você é do tipo que prefere mais espaço – é guardar as compras de mercado assim que chegar. Não vale deixar pra depois, porque corre o risco de elas se misturarem com outras bagunças que fazemos ao longo do dia: roupas, calçados, utensílios de cozinha fora do lugar e por aí. Além disso, é importante guardar frios, iogurtes e outros itens de geladeira na hora, então você já resolve duas coisas de uma vez só.

Cuidado #3: evite o acúmulo de louça de um dia pro outro

A louça na pia é o que dá mais preguiça de lavar. Mas anota essa dica de como organizar sua cozinha: sujou, lavou! 🙂 Dica facinha essa, não é? A gente sabe que, na correria do dia a dia, não é nada fácil praticar isso, mas tente criar esse hábito e você vai ver que ninguém precisa perder muito tempo da semana dando aquele trato na bagunça da cozinha tudo de uma vez. Manter a organização é o jeito mais eficiente de economizar seu tempo e garantir a casa arrumada, principalmente se você mora sozinho ou sozinha.

Cuidado #4: junte uma máquina de roupa pra lavar (e não várias)

Encheu, lavou. O cesto de roupa suja não pode transbordar, hein! 😉 Essa dica parece óbvia, mas a gente sempre deixa juntar, e juntar, e juntar. Daí, depois, vai um dia inteiro para lavar tudo. E o pior é que, provavelmente, você não vai ter espaço suficiente no varal para secar tudo de uma vez. Uma dica que seguimos (e sugerimos) é chegar depois do trabalho e já colocar a máquina pra bater enquanto você prepara seu jantar (se for do tipo que ama a cozinha), enquanto come o lanchinho que trouxe da rua (se for do tipo prático), enquanto pede a comida no iFood ou no Rappi e espera ela chegar (se preferir a tecnologia). Depois disso, a roupa já vai tá prontinha pra botar pra secar. Agora, se você for usar secadora, se liga nesse outro post nosso para não deixar a roupa encolher.

Cuidado #5: conte com um help frequente pra manter a limpeza em dia

Manter tudo em ordem morando sozinho não é fácil, a gente sabe. Por isso, que tal contar com os aplicativos de faxina para ajudar a organizar a casa? É fácil usar, o preço cabe no seu bolso, porque você customiza só com o serviço que quer, e nem precisa estar em casa para receber a diarista! Se curtir esse help no seu dia a dia, chama a gente, tá?! Vai ser uma delícia ajudar você a limpar sua casa ou apê.

Sabe aquela sensação boa de satisfação quando você entra em casa e percebe que está tudo arrumadinho? Que tá tudo no lugar que devia estar… Que tá tudo limpinho: sem louça na pia, sem roupa pra lavar, sem sapato jogado nos cantos, sem almofada no chão, sem pó na estante. E, pra ser mais otimista, com cheirinho de casa limpa, com o chão um brilho só, com plantas bem verdinhas, com tapetes sem pelos, nem fios, nem poeira. E aí, imaginou? É ótimo, né! 😀

Você não precisa ser especialista ou personal organizer para descobrir como deixar a casa em ordem. Neste post, vamos trazer 10 dicas de como deixar a casa arrumada e dicas de como organizar a casa de um jeito que esses sentimentos de prazer e de alegria façam mais parte do seu dia a dia.

Dica #1: No quarto, use seu guarda-roupas a seu favor

O ideal é deixar tudo sempre organizado do lado de dentro e de fora. Você vai logo perceber o tempão que economizamos quando as coisas estão no lugar que deveriam estar. Maaaas se você é do tipo que não consegue se organizar assim, é melhor que a bagunça do dia a dia fique escondidinha dentro do seu armário. A dica, então, é separar um espaço exclusivo pra ela – um “lugarzinho da bagunça”, como vamos chamar – um cantinho para jogar tudo lá, em vez de deixar o armário inteiro desorganizado. Ah, o melhor é que a cama, o chão, a cômoda e tudo mais que tiver no seu quarto vão ficar livres das peças soltas pra lá e pra cá.

Dica #2: Ainda no quarto, habitue-se a arrumar a cama como primeira tarefa do dia

Não gasta nem 1 minuto, de verdade! Não precisa montar cama de hotel, tá? Mas se quiser, você pode ler essas nossas dicas de como arrumar cama igual de hotel. Mas não é esse o caso hoje. Pra ser mais simples, basta colocar seu travesseiro no lugar, ajeitar o lençol, esticar a colcha sobre a cama e arrumar daqui e de lá. A Revista Casa e Jardim trouxe um artigo bem legal sobre os motivos de arrumar a cama todos os dias pela manhã. Vale dar uma olhadinha! Então, propomos um desafio: cronometre quanto tempo você leva para arrumar sua cama. Você vai logo perceber que não dá trabalho nenhum e sua casa ganha outro ar.

Dica #3: Na sala, evite acumular muitos suvenirs, livros (objetos que você vai precisar limpar)

É uma delícia colecionar objetos, coisas importantes pra gente, que simbolizam uma viagem, lembram alguém, um presente, um momento especial. Mas lembre-se: tem que limpar 🙂 Por isso, a dica é pra você aprender a otimizar seu tempo na faxina. Mantenha à vista só o que é realmente crucial para a decoração ou o que tenha muito valor sentimental. Tirar pó de objetos e móveis é uma parte demorada da limpeza. Agora, se você é como a gente e gosta de guardar várias lembranças, mas não quer perder tempo limpando peça a peça, chama a gente que vamos dar um help pra você.

Dica #4: Ainda na sala, espalhe os objetos

Na dica anterior, falamos sobre ter muitos objetos decorando a sala: quadros, porta-retratos, suvenirs e por aí vai. Se esse é o seu caso, uma dica de organização dos objetos é espalhar todos eles pela sua casa: sala, cozinha, banheiro, quarto, varanda e onde achar que combina mais. Amontoar um monte de coisa em um só lugar dificulta a limpeza daquele espaço. E, se pensar bem, nem fica muito legal, né?

Dica #5: Na cozinha, explore prateleiras, nichos e organizadores

Lembra dos objetos das dicas anteriores? Eles incluem decoração, mas também os potes, frascos, vidros de tempero, utensílios de cozinha que você deixa expostos. Que tal adotar os nichos ou prateleiras para organizar esses itens? Fica moderno., bonito, e bem mais fácil de limpar! Se não quer furar parede com esses móveis charmosinhos, não tem problema: caixas organizadoras são bem chiques e tem muitos modelos por aí. É só procurar 😉

Dica #6: Ainda na cozinha, use os espaços escondidos a seu favor

Assim como no quarto, a cozinha geralmente tem muitos armários e gavetas que vão te ajudar. Em vez de deixar potes, latas e comidinhas espalhados nos balcões, pias e prateleiras externas, use os espaços fechados dos armários para evitar muita poluição visual. Muita coisa solta deixa o ambiente carregado e com sensação de bagunça. Pense assim: “como eu posso distribuir alimentos e utensílios na minha cozinha para me organizar?”.

Dica #7: No banheiro, organize produtos de higiene por tipo, tamanho e cor

O banheiro é outro ambiente cheio de coisa: potinhos, vidros, maquiagem, itens de higiene pessoal que não acaba mais. E como são várias coisas, bagunçar é bem fácil. A dica de organização para o seu banheiro hoje é separar os tipos de itens: perfumes com perfumes; maquiagem com maquiagem; produtos de limpeza facial com outros produtos para o rosto. Cremes de corpo e de cabelo podem até ficar juntos, mas você pode pensar num sistema de organização por tamanho e cor – e deixar ao alcance das mãos aquele que você usa mais.

Ah, e que tal separar também os itens que não são de uso diário, como os estoques de sabonete, papel higiênico e outros produtos que você só vai usar quando o anterior acabar? Existem dezenas de possibilidades de organizar os armários do seu banheiro. Descubra aquelas que mais funcionam combinam com você.

Dica #8: Ainda no banheiro, deixe a bancada livre de objetos pessoais

Complementando a dica anterior, dá uma sensação de limpeza e organização deixar a pia livre de objetos espalhados. Escova, pasta de dente, pentes e escovas de cabelo, fio dental e aquele creme que você mais usa são os itens mais comuns em uma pia. Acertamos? 🙂 Que tal comprar uma caixinha organizadora que combine com o material da sua pia e deixar tudo guardado ali? Se não tiver espaço, considere uma gavetinha só para esses itens. Ah, sua pia não tem gaveta? Tudo bem também! Você ainda pode estudar a ideia de colocar um armário espelhado na parede, para o acesso ficar mais rápido, e concentrar ali tudo o que você mais usa. O segredo aqui é tirar a baguncinha do dia a dia da pia. Você vai ver que sensação gostosa de banheiro limpo que dá 😉

Dica #9: Na varanda, explore espaços vazios e detalhes de decoração

A varanda é um lugar bem gostoso de uma casa, mais ainda em um apê. E, independentemente do tamanho dela, é importante planejar a distribuição dos móveis, plantas e objetos de decoração. Priorize espaços mais amplos para a locomoção e evite amontoar móveis e quadros, já que geralmente as varandas e sacadas são abertas e sujam 5 vezes mais que o interior do seu lar. As plantinhas sempre estarão lá. Cuide bem delas para que fiquem viçosas e bem verdinhas – assim você evita folhas secas e mais coisas ainda para limpar.

Dica #10: No quintal, cuide da grama, das plantas e dos bichinhos de estimação

Para quem tem animais de estimação, o cuidado dentro e fora de casa dobra: pelos, brinquedinhos espalhados, xixi e cocô. Esses são só alguns exemplos do que nossos pets podem deixar de rastro pra gente limpar. A dica aqui é dedicar um lugar específico para as necessidades dos cachorros e gatos e lembrar de guardar os brinquedinhos (deles ou das crianças) em caixas, que merecem um cantinho também para ficar.

Espaços com gramas são lindos num quintal ou jardim, mas eles dão um trabalhinho extra na hora de faxinar. Recolha as sujeiras maiores uma vez por semana, como folhas secas, e aparece a grama uma vez por mês.

Gostou das dicas de organização que trouxemos pra você? Não importa se casa ou apartamento, elas vão fazer você chegar em casa e se sentir dentro de um lar. E vão aumentar a vontade de “chegar logo”, de curtir a casa sempre organizada, de levar uma vida mais leve e prazerosa. Mas peraí: não sabe nem por onde começar? Pede um help pra gente! Vai ser uma delícia visitar seu lar.

Morar sozinho não é fácil. Por isso, organizamos pra você várias dicas de como manter sua cozinha em ordem, e além disso, você ainda conhece o melhor aplicativo de serviços que existe! A 1HELP te conecta a diaristas qualificadas em um piscar de olhos, tudo via app 🙂

Primeiro, é necessário fazer um mapeamento do que você já tem: tire tudo dos armários e prateleiras e coloque em uma mesa, visualize todo o material que você tem guardado. Assim, você vai ver que tem muito mais do que realmente precisa, ou que vai precisar fazer um reabastecimento de materiais…

Depois disso, é a hora de separar! Veja quais são os itens que você usa todos os dias e coloque eles em um local de fácil acesso, pra você não perder muito tempo na hora de cozinhar.

Dica: Se você notar que usa muitos utensílios, tente investir em prateleiras, ganchos ou cestos. Estes recipientes podem dar uma identidade pra sua cozinha, além de otimizar o seu tempo.

Agora, a melhor parte, a geladeira! Abrir e fechar seu refrigerador é uma das atividades que mais gasta energia desnecessária na sua casa, você sabia? Pois é, ficar pensando na vida com a geladeira aberta sai mais caro pro planeta do que parece… Pra te ajudar, que tal imprimir uma foto do que tem na geladeira e colar na porta? Se você tiver bem animado, dá até pra escrever a validade de cada um, e impedir que alguma coisa gostosa estrague. Agora, se você quer saber como manter ela organizada, é só clicar aqui!

Depois disso, vamos para os armários. Crie o hábito de abrir eles diariamente! Assim, você vai se esforçar mais pra deixar tudo organizado. Se você gosta de estocar, deixe sempre o item aberto (ou mais perto da validade) mais fácil aos olhos, e deixe os reservas mais ao fundo da prateleira.

Pra finalizar, o último mas não menos importante: Deixe sempre um espacinho pros materiais de limpeza. São produtos fortes e que devem ser guardados em espaços frescos e limpos, não se esqueça deles. De preferência, combine um lugar que seja mais fácil para o responsável pela limpeza, seja ele uma das nossas helpers, seu parceiro de apartamento ou você mesmo! Facilite o processo da limpeza e deixe ela divertida 🙂