Category

Sem categoria

Category

A cozinha é um dos ambientes mais visitados de toda casa e, por esse motivo, também costuma ser um dos cômodos mais propícios à desorganização. Isso acontece por uma série de fatores, sendo o mais comum deles a dificuldade de organizar muitos itens em espaços reduzidos, como cozinhas de apartamentos pequenos.

Porém, não são só em pequenas moradias que o ambiente da cozinha pode ser tornar uma verdadeira confusão. Afinal, como este é um espaço com constante movimentação de pessoas, seus objetos podem acabar se espalhando e acumulando se não houver uma constante limpeza e arrumação, até mesmo em ambientes maiores.

Mas o importante é saber que existem alguns itens estratégicos que auxiliam na organização sua cozinha, de forma a otimizar esse espaço e torná-lo cada vez mais funcional, seja ele grande, pequeno, com muitos objetos ou não. Quer conhecê-los? Então veja nossas 5 dicas a seguir!

Ganchos para guardar canecas, copos, talheres

O espaço limitado pode tornar a organização um pouco mais complexa, porém, não impossível. E como espaços pequenos estão se mostrando cada vez mais comuns, principalmente nas grandes cidades, existem diversas alternativas no mercado para ajudar a driblar esse problema. 

Uma dessas alternativas são os ganchos para talheres e copos, por exemplo. Confira: 

Os ganchos são ótimos aliados das cozinhas organizadas, dando um toque de modernidade e estilo no cômodo. É possível encontrá-los nos mais diversos estilos, materiais e tamanhos. 😉

Aramados para organizar tampas, panelas, pratos 

Os aramados – itens com nome autoexplicativo – são peças feitas de arame utilizadas tanto como item decorativo quanto para tornar os ambientes mais funcionais. Ou seja, além de serem objetos bonitos, eles ajudam a organizar sua casa e muita vezes podem ser feitos especificamente para encaixar em locais estratégicos. Perfeito, não é mesmo?

Por exemplo, na cozinha, é possível utilizar aramados para organizar tampas de panelas, pratos, copos e o que mais você quiser, seja dentro dos armários, na parede ou até mesmo em gavetas aramadas. Veja alguns exemplos para se inspirar:

Funcionais e discretos, os aramados são uma ótima pedida para quem quer utilizar espaços geralmente vagos, como portas de armários e paredes.

Prateleiras para acomodar temperos, alimentos, louças

As prateleiras, sejam elas móveis ou fixas, também são ótimas aliadas na organização das cozinhas. Você pode instalá-las em cantos que normalmente não seriam utilizados, além de combiná-las com os outros itens de organização, como os ganchos e aramados que já citamos. Por exemplo:

Placas perfuradas para dispor utensílios cheios de estilo 

As famosas pegboards ou placas perfuradas podem ser utilizadas para pendurar os mais diversos itens da sua cozinha, como frigideiras, colheres, espátulas, tesouras e muito mais. Elas são um item decorativo descontraído que adicionam personalidade e estilo na casa, seja na cozinha ou em outros cômodos, e são ótimas para guardar itens que estão em constante utilização. 

Uma boa dica é aproveitar a exibição que as pegboards permitem para colocar à mostra seus utensílios mais bonitos 🙂 Se inspire com as imagens:

Divisórias de gavetas para organizar o que fica guardado

Mas, ao contrário das pegboards, nem tudo precisa ficar à mostra, não é verdade? Por isso, utilizar divisórias de gavetas é uma ótima maneira de manter a organização daqueles itens que não são tão utilizados ou que são mais delicados e, por isso, podem ficar guardados em gavetas e armários. 

As divisórias também são ótimas para separar alimentos, seja em gavetas de armários ou, até mesmo, dentro da geladeira. 😉

O que achou das nossas dicas de organização de cozinha? Se você já está um pouco mais inspirado para começar a colocar tudo no seu devido lugar, não se esqueça de continuar acompanhando nosso blog para se tornar um expert em organização! <3 

Os rejuntes da sua casa estão acumulando sujeira e mudando de cor? É normal que o acúmulo de poeira, sujeira e gordura acabem alterando sua coloração em ambientes como cozinha, banheiro e quarto, por exemplo. Mas, sim, é possível deixá-los branquinhos novamente!

Independentemente do ambiente em que eles estejam, uma coisa é certa: rejuntes com aparência de novo dão um charme no ambiente e ajudam a passar a impressão de casa sempre limpa. Mas você sabe como limpar corretamente os rejuntes da sua casa para dar aquele aspecto brilhante e de recém feitos? 

Continue a leitura para saber mais sobre eles e sua limpeza:

Conheça os tipos de rejunte mais comuns

Epóxi

É a opção de rejunte mais resistente e durável do mercado. São ideais para áreas que entram em contato com água, como piscinas, saunas e banheiros, por exemplo.

O epóxi é resistente a manchas, fungos e algas, além de ser muito impermeável. Porém, mesmo com suas diversas vantagens, é importante ressaltar que sua aplicação é um pouco mais complexa do que as outras e deve ser feita por uma pessoa experiente.

Cimentício

O rejunte cimentício é o rejunte mais popular do mercado, isso devido ao seu baixo preço e fácil aplicação. Ele possui uma ampla gama de possíveis aditivos adicionados, o que faz com que existam opções para diversas áreas, tanto secas quanto molhadas. 

Sua limpeza pode ser um pouco mais difícil do que a de outros rejuntes, já que ele costuma acumular mais sujeira com o passar do tempo. Por ter muitos variantes, é importante ficar atento ao seu tipo antes de comprá-lo pra não errar, ok? 

Acrílico 

Com uma aplicação mais simples e segura do que ao epóxi, o rejunte em acrílico dá um acabamento liso e homogêneo e pode ser encontrado em diversas cores. 

Uma das suas maiores vantagens é já vir pronto e não necessitar da adição de outros produtos para ser utilizado, o que faz com que ele seja uma boa opção para pessoas menos experientes. 

Limpe os rejuntes com produtos que você tem em casa

Bicarbonato + água oxigenada

Para limpar os rejuntes, você pode utilizar uma mistura de uma parte de bicarbonato para duas de água-oxigenada ou, até mesmo, o bicarbonato puro. É só deixar a substância agir por alguns minutos e esfregar com uma escova de dentes. 

O bicarbonato é uma ótima pedida para esse tipo de limpeza, já que possui uma ação efetiva contra a sujeira e o encardimento e pode ser encontrado com facilidade, por um preço baixo. 

Você também pode aproveitar o bicarbonato para fazer a limpeza do box do banheiro e de armários, por exemplo. 

Alvejante de roupas brancas + água fervente

Outra forma de remover a sujeira é utilizando uma mistura de alvejante para roupas brancas com um copo de água fervendo: é só misturar, aplicar no rejunte e aguardar o produto fazer efeito por 10 minutos, aproximadamente. 

Depois, esfregue com uma escova de dentes e retire o produto com um pano, assim como na dica anterior. 

Vinagre

O vinagre de cozinha pode ser utilizado para vários tipos de limpeza, inclusive a dos rejuntes.

Assim como nas outras dicas, seu processo de aplicação é simples: é só deixá-lo agir nos rejuntes por aproximadamente 20 minutos, esfregar com a escova de dentes e retirar com um paninho.

Detergente e vinagre

Além de utilizar o vinagre puro, você também pode fazer uma mistura de detergente com vinagre para potencializar o efeito das substâncias. 

Para utilizá-la, basta misturar um copo de vinagre com duas colheres de sopa de detergente, esfregar e retirar os produtos com um pano.

O que achou das nossas dicas de limpeza de rejuntes? Agora a limpeza da sua casa ficará muito mais simples! E se você precisar de uma ajudinha com ela, é só pedir um help pelo nosso app que colocamos você em contato com quem mais entende do assunto 🙂 

Um dos maiores desejos de todo cozinheiro amador, as panelas antiaderentes são itens que facilitam bastante o dia a dia na cozinha.

Impedindo que os alimentos grudem no fundo, graças ao seu revestimento resistente feito de teflon, elas também são ótimas escolhas para quem deseja cozinhar de maneira mais saudável, já que dispensam o uso de grandes quantidades de óleo. 

Porém, por ter essa função antiaderente, esse tipo de panela é mais sensível e exige atenção especial durante sua limpeza para que não risque e perca essa função rapidamente. 

Quer saber quais cuidados tomar para manter suas panelas antiaderentes bonitas e funcionais por bastante tempo? Então veja nossas dicas a seguir!

1. Antes do primeiro uso, faça o processo de cura

É essencial fazer o que chamamos de processo de cura das panelas, antes mesmo do primeiro uso. Esse processo é feito para preparar as panelas e ajudar a conservar sua camada antiaderente. Portanto, nada de pular esse passo, ok? 🙂 

O processo é simples:

  1. Retire as etiquetas da panela, lave-as com água morna e seque bem;
  2. Com um pano macio, papel toalha ou pincel, passe um pouco de óleo (pode ser de qualquer tipo!) por toda a superfície antiaderente;
  3. Deixe-a esquentar no fogo baixo por 2 minutos; 
  4. Espere esfriar naturalmente. Em hipótese alguma lave-as ainda quentes, pois isso pode estragar o teflon;
  5. Lave e seque novamente.

Após esse processo, suas panelas já estarão prontas para serem usadas!

2. Não utilize produtos abrasivos na limpeza

No dia a dia, a regra é clara: não utilizar produtos abrasivos, como produtos de limpeza muito fortes ou esponjas de aço, já que esses produtos acabam danificando e removendo o teflon gradualmente. 

A forma mais indicada de limpeza das panelas antiaderentes é com detergente neutro, água e esponjas macias (utilize o lado amarelo da esponja, nunca o verde), fazendo movimentos suaves e circulares para reduzir ao máximo o possível dano à superfície.

3. Não corte alimentos dentro das panelas

Uma das maneiras mais comuns de tirar a eficácia do teflon das panelas antiaderentes são com arranhões e fissuras. Portanto, evite cortar alimentos dentro das panelas e frigideiras para evitar o contato de superfícies cortantes com elas. 

4. Utilize utensílios de materiais macios

Como dito anteriormente, os arranhões são grandes inimigos das panelas antiaderentes! Por isso, ao cozinhar ou retirar alimentos delas, prefira utilizar colheres e espátulas de materiais como silicone ou plástico, ao invés das mais comuns, geralmente feitas de metal. 

5. Utilize bicarbonato para remover alimentos grudados

Sim, as panelas antiaderentes são melhores que as comuns em relação aos alimentos que grudam no fundo, mas nada é perfeito, não é mesmo? Então, não fique chateado quando uma fritura ou outra acabar grudando na sua frigideira, e muito menos pense em esfregar uma palha de aço ou um garfo no teflon!

O mais indicado, nesse caso, é utilizar uma solução de bicarbonato de sódio com água, deixando-a de molho na panela por 20 minutos, aproximadamente. Com ela, a sujeira irá “derreter” e a remoção se tornará bem mais fácil.

6. Remova o excesso de gordura com vinagre

Caso sua receita resulte em gordura acumulada na sua panela, não se preocupe: você pode dissolvê-la com uma mistura de vinagre e água quente. É só deixar a panela de molho nessa mistura e lavar depois 😉

7. Por fim, tenha cuidado ao guardá-las

Não se esqueça de guardar suas panelas com bastante cuidado, pois elas também podem acabar arranhando dentro do armário. Para evitar essa situação, você pode colocar uma folha de papel toalha ou algum paninho entre suas panelas, evitando que suas superfícies estejam em contato direto umas com as outras. 

Além disso, não guarde garfos, facas ou outros itens cortantes/de metal junto delas.

O que achou das dicas de como limpar suas panelas antiaderentes? Se elas foram úteis para você, fique de olho no blog da UmHelp! Nossa equipe está sempre trazendo dicas importantes para manter sua casa limpa e arrumada, do jeito que você ama <3 Até a próxima!