Tag

quarto

Browsing

O tapete é um acessório que divide opiniões na decoração. Tem quem ame e tem quem prefira deixá-lo de lado, mas uma coisa é certa: ele pode dar mais personalidade e ajudar a trazer o aconchego que procuramos dentro de casa.

Se você é uma das pessoas que acredita que a peça possa dar um charme a mais nos seus ambientes, confira nossas dicas essenciais para saber como utilizá-los e mantê-los na sua casa da forma correta. Continue lendo para saber mais!

Por que utilizar tapetes na decoração de casa?

Assim como outros itens de decoração, os tapetes possuem inúmeras variações de modelos, tamanhos, cores e acabamentos. Cada um deles, com suas características específicas, podem contribuir para: 

  • Aquecer o ambiente escolhido;
  • Valorizar a decoração da sua casa;
  • Delimitar espaços;
  • Trazer aconchego e personalidade;
  • Diminuir ruídos, como os de móveis, por exemplo.

Portanto, mesmo tendo diversos benefícios, é importante ter em mente a importância da limpeza dessa nova peça, que deve ser feita regularmente. O acúmulo de poeira nos tapetes é um dos principais motivos que levam pessoas com tendências alérgicas a deixarem esse acessório de lado na decoração, mas isso não significa que você precisa se desfazer deles.

Higienizá-los com um aspirador de pó regularmente e colocá-los ao sol de tempos em tempos já irá resolver o problema. Ah, e nada de varrer a sujeira pra debaixo do tapete, combinado? 😉

3 dicas para utilizar tapetes na decoração da casa

1. Em qual ambiente colocar?

Para escolher onde colocar um tapete, é importante considerar o estilo da decoração da casa e os hábitos dos moradores. Por ser uma peça versátil, é possível incrementá-los na decoração interna, de salas e quartos, ou externa, como de varandas e entradas.

Em espaços conectados, como uma sala que se divide em área de jantar e de estar, é possível utilizar diferentes tapetes para delimitar o espaço de cada um deles. Se esse for o seu caso, você pode utilizar um tapete neutro em um espaço e um mais trabalhado e colorido em outro.

Outra possibilidade interessante é a de utilizá-lo como ponto focal de um ambiente que mereça mais atenção, como no canto de uma escrivaninha ou embaixo de uma mesa central.

2. Como decidir o tamanho ideal?

Após decidir onde colocá-lo, o tamanho do tapete precisa ser escolhido levando em consideração as proporções do ambiente. Quanto maior, mais atenção ele irá chamar, mas lembre-se de ter cuidado para não deixá-lo desproporcional aos móveis. 

Para te ajudar, recomendamos as seguintes medidas:

  • De 15cm a 20cm maior do que a área que está sendo demarcada;
  • Entre cerca de 10cm abaixo do sofá;
  • Para salas de jantar, é preciso calcular o espaço suficiente para arrastar as cadeiras.

3. Como escolher cores, formatos e materiais?

Se você já pesquisou tapetes para comprar, deve ter percebido a grande variação que eles podem ter. São diversos tamanhos, formatos e estilos estampados em materiais que vão desde as fibras até o couro, seja ele sintético ou legítimo.

Formas geométricas são uma grande tendência, assim como os tapetes feitos à mão (aqueles antigos tricôs e crochês das nossas avós voltaram com tudo!) com os formatos e cores mais inusitados. 

Cada um deles irá se encaixar melhor a estilos e cômodos diferentes e, por ser um objeto decorativo, cada uma dessas características irão se moldar ao estilo da casa e dos próprios moradores. Por isso, essa é a hora de usar a imaginação! 

Conheça alguns dos modelos queridinhos do momento:

Tapete persa

Tapete Persa

Tapete de fibra

Tapete de Fibra

Tapete de couro

Tapete de Couro

Tapete peludo

Tapete Peludo

Tapete redondo

Tapete Redondo

E os tapetes de parede?

Uma tendência que vem desde a antiguidade, utilizar tapetes na parede como decoração hoje em dia não se limita mais às peças antigas e extremamente caras. Você pode pendurar tapetes modernos ou clássicos, combinando com outros itens de decoração ou até mesmo entre si, fazendo sobreposições e misturando estampas.

Exemplo de Tapete na Parede

Pensar no tapete como uma obra de arte que merece ser pendurada no seu quarto ou sala demonstra autenticidade e personalidade, mas também requer atenção especial para não estragar suas paredes e dar um charme a mais na decoração. 

Por isso, não se esqueça de:

  • Pendurar tapetes não muito pesados, para não sobrecarregar a parede;
  • Utilizar velcro, varão de cortina ou uma moldura para colocá-lo no lugar;
  • Colocá-los sobre um painel ou adicionar filetes para as pontas não se enrolarem;
  • Limpá-los com frequência, assim como os tapetes de chão.

E aí, o que achou das dicas de tapetes para ambientes? Se esse post te ajudou a decidir como incrementar a decoração da sua casa, não se esqueça de contar com a gente quando precisar de uma ajuda na limpeza deles 🙂 É só clicar aqui e pedir um help que vamos até você!

A gente sabe que a maior dificuldade do jovem moderno é organizar a sua casa. Por isso, além de te dar as melhores dicas, a 1HELP é uma plataforma onde você pode pedir uma limpeza na sua casa em menos de 15 segundos, e alocaremos uma diarista altamente qualificada pra você, com o melhor preço do mercado 🙂 Antes de pensar em organizar o seu armário, vamos pensar no que tem lá dentro? Você realmente usa tudo que você tem guardado? Então vamos lá…

Passo #1: Aquele limpa!

A cada seis meses, reserve um tempinho pra revisar todas as suas peças. Neste dia, tire tudo do guarda-roupa e separe em três pilhas, uma delas com peças que você usou pelo menos uma vez nos últimos seis meses, a outra que você usou mais de uma vez, e a outra que você não se lembra de ter usado no último semestre. Depois disso, faça o seguinte: As peças que você não usou, descarte as que estão em estado ruim, e doe para alguém as que estão em bom estado (é ajudando que vamos pra frente!). As peças que você usou pelo menos uma vez, guarde em um espaço pequeno, que não faça volume ou te atrapalhe no dia a dia. As peças que você usou mais de uma vez, reserve-as. Agora vamos organizá-las.

Passo #2: E pra onde vão as coisas?

Para saber onde vai o quê, é fácil: o ideal é que vestidos, paletós, camisas, e peças de tecidos que amassam facilmente estejam em cabides. Se eles estiverem nas gavetas vão amassar e ocupar muito espaço. As malhas, tricôs, calças jeans e peças menores podem ir nas gavetas, sempre pensando que devem estar dobradas e organizadas, otimizando o espaço do seu guarda-roupa.

Passo #3: Como não se perder na bagunça?

Coloque etiquetas de identificação. Pra lembrar o que vai em cada gaveta ou prateleira do seu guarda-roupa, pense em colocar etiquetas ou tags que te ajudem a organizar. No dia de lavar a roupa, vai ser fácil e rápido de colocar cada coisa em seu lugar.

Passo #4: Mas e aquela roupinha que uso sempre?

Deixe o que você mais usa, mais perto. Organize suas gavetas e prateleiras de maneira que, na altura dos olhos, fiquem as peças que você mais usa. Assim, você vai demorar menos na hora de escolher suas roupas.

Passo #5: Acho que vou me perder…

É só obedecer todos os critérios! Sempre siga à risca todas as regras que você criou. Este processo só te ajuda se você se ajudar! Tente fazer a manutenção do seu guarda-roupa frequentemente, e é claro: tirou, guardou. No começo pode ser difícil se acomodar com a nova ordem, mas é importante tentar manter o ritmo, em breve você se acostuma 🙂

Prontinho! Com estes 5 passos, agora o seu armário deve estar organizado e isso vai te ajudar a otimizar tempo e deixar a sua vida mais harmônica.

Você já chegou em um hotel deitou na cama e imaginou que delicia seria ter uma igual em casa? Se sim hoje é seu dia de sorte! Porque nós vamos te dar as principais dicas de como arrumar sua cama igual a de hotel e sempre se sentir de férias!

E como fazemos isso?

Vamos começar do princípio para arrumar sua cama igual a de hotel você precisa de um jogo de cama confortável e alguns travesseiros de preferência dois para cada lado da cama. Primeiro passo será colocar o lençol de elástico na cama bem esticado e preso em todos os cantos, de modo a não ficar nenhum amassado. Para então colocar o lençol comum, lembrando sempre de alinhar ele com a cabeceira! (Não precisa prender ele nos cantos agora, faremos isso mais adiante) Depois coloque um edredom bem grosso a uma distância de 7 centímetros da cabeceira, uma boa dica é tentar pegar um edredom bem fofinho e de cor neutra para que assim ele não se destaque do restante da roupa de cama.

Para ter esse efeito de cama igual a de hotel é preciso ter atenção nesse próximo passo, a ideia é dobrar os cantos inferiores do lençol e do edredom de modo que fique bem firme e com uma aparência de esticado. Mas para isso é necessário inserir a borda dos pés em baixo do colchão de um canto até outro, depois puxar o que sobrou da borda pra cima do colchão de modo que o canto fique esticado formando um ângulo de 45°, mantendo sempre esticado, pegue essa borda que sobrou e insira na parte de baixo do colchão.

Agora é a hora mais importante, a escolha dos travesseiros no momento de arrumar a cama igual a de hotel você deve considerar ter pelo menos dois tipos de travesseiros de cada lado da cama, um alto e duro e outro macio e mais fino para que assim você consiga ter mais volume na área da cabeceira da cama sem utilizar vários travesseiros! Uma vez escolhido os travesseiros, é importante prestar a atenção na ordem em que eles serão colocados na cama, uma dica é sempre colocar os mais duros em baixo e o mais fofinho em cima para dar aquela impressão de cama de hotel. Outra dica é sempre utilizar fronhas que combinem com o edredom e prender nas laterais da cama o pedacinho da fronha que sobra e que fica pra fora, isso dá uma impressão de a cama estar mais arrumada e ser muito mais convidativa!

Por fim você deve utilizar uma colcha dobrada no pé da cama, uma boa ideia é utilizar uma colcha que combine com os tons da decoração do seu quarto ou que tenha uma textura que te agrade. Assim você sempre terá uma cama igual a de hotel de um jeito fácil, rápido e prático.

Dica bônus:

Sempre se certifique que as linhas dos lençóis estejam na vertical!
Se você comprar edredom que tem duas faces você pode ficar trocando elas e assim será como ter uma cama diferente todo dia!
Você sabia que nossas Helpers recebem treinamentos hoteleiros? Se você pedir um de nossos serviços sua cama ficará igual a de hotel em um piscar de olhos!

Uma das tarefas que temos que fazer no cuidado com a casa é dobrar e guardar os lençóis corretamente – em vez de embolar tudo. E não é nada fácil dobrar lençol de elástico para deixá-lo bonitinho. E tem outras dicas sobre o cuidado com seus lençóis que reunimos aqui neste post também, pra dar um help pra você nas tarefas da casa.

O primeiro passo sobre o cuidado com lençóis é deixar todas as peças juntas, em vez de ficar revirando os armários atrás dos pares e das fronhas que compõe o conjunto. Para garantir que nada desapareça quando você estiver precisando, junte as fronhas, o “vira” e qualquer outro acessório do seu conjunto de lençol em “pacotinhos”: primeiro, dobre o lençol e o “vira” até que eles fiquem no tamanho de uma toalha de rosto; depois, coloque sobre eles as fronhas; por fim, dobre mais uma ou duas vezes (dependendo do tamanho do kit que você quer montar). Se quiser organizar seus conjuntos de lençol ainda melhor, coloque-os em saquinhos individuais de plásticos ou de pano.

Como dobrar lençóis de elástico

Dobrar lençol reto é fácil: basta juntar as pontas até ele formar um quadradinho ou retângulo menor, que caiba em suas gavetas e armários. Mas quando o assunto é lençol de elástico, o papo muda um pouquinho. Vamos aprender agora como dobrar lençol de elástico de um jeito que você nunca mais vai esquecer. Essas dicas são mais eficientes se você seguir o passo o passo já com a mão no lençol. Vamos lá?

  1. coloque suas duas mãos por dentro das extremidades do lençol do avesso;
  2. junte os elásticos da parte de cima do lençol uns ao outros;
  3. escorregue a mão direita até onde está sua mão esquerda para apoiar a dobra e, com a mão esquerda agora livre, pegue as outras pontas do lençol;
  4. traga as pontas que estão nas mãos esquerdas sobre as dobras da mão direita; (como feito no passo 2); repare que agora você vai ter todas as pontas do lençol reunidas no mesmo lugar;
  5. estenda o lençol sobre uma superfície plana;
  6. alise as partes do tecido que ainda não ficaram esticadas e esconda os elásticos que ficaram visíveis;
  7. dobre seu lençol num formato retangular ou quadrado, da forma como preferir.

Pronto! Com esses passos, você vai garantir um lençol com elástico bem dobrado. Ele não fica tão perfeito e retinho quanto o lençol sem elástico, mas assim é bem mais fácil organizar e guardar tudo bonitinho e do seu jeito.

Se gostou das dicas, manda seu recado pra gente! E se tiver outras dúvidas sobre como cuidar da casa, também estamos aqui pra ouvir você. Nossas Helpers são especialistas em dobrar lençol, ok? Se preferir chamá-las pra um help em vez de seguir o passo a passo que ensinamos pra você aqui, tudo bem! Estamos no app UmHelp, no site, a poucos passos de você.